Home / Entrevistas / PAULA SIMÕES GARCIA
Paula Simões Garcia - Sec. das Mulheres - SP

PAULA SIMÕES GARCIA

“Pretendo trabalhar realizando projetos para melhorias em prol dos direitos das mulheres.”

 

Nutricionista, formada pelo Centro Universitário São Camilo; Pós- Graduada em Nutrição nas Doenças Crônicas não transmissíveis pelo Hospital Israelita Albert Einstein e experiência de 10 anos na área de Saúde Pública e Nutrição, esse é o perfil profissional da Secretária das Mulheres do Estado de São Paulo.

Novata na política Paula Garcia atendeu nossa Equipe em seu consultório no centro de São Paulo e de uma forma simples e direta fala sobre seus planos e objetivos a frente da Secretaria das Mulheres do Estado de São Paulo.

 

Portal do PRONA – Por que a Srª resolveu entrar para política?
Paula Simões Garcia – Sec. das Mulheres de SP – Já conhecia o PRONA e as ideologias do Partido na época do Dr. Eneas. Soube da volta do Partido e a nova proposta através de um amigo da família. Fui buscar informações sobre o NOVO PRONA e me identifiquei com as regras do estatuto. Depois de um tempo recebi o convite para representar a secretaria das mulheres.

 

Portal do PRONA – O que fazer para mudar a situação (trabalho, saúde, violência) das mulheres no Brasil?
Paula Simões Garcia – Sec. das Mulheres de SP – Como cidadã brasileira e mulher, sei das dificuldades que a nossa categoria ainda enfrenta, como a falta de reconhecimento no mercado de trabalho; a  violência doméstica; carência de atenção específica na saúde pública, entre outras. Como Secretária Estadual das Mulheres, pretendo trabalhar realizando projetos para melhorias em prol dos direitos das mulheres e juntas mostrarmos que MULHER precisa ser respeitada e reconhecida.

Alem disso vamos levar conhecimento das Leis para as mulheres, principalmente as das comunidades. Milhares de mulheres são estupradas e muitas não sabem o que fazer depois dessa violência. Milhares de mulheres são mal atendidas nos postos de saúde. Isso tem que acabar!

Não podemos aceitar de braços cruzados toda essa injustiça com as mulheres e nada melhor do que conhecimento, através de palestras, seminários, reuniões, mas principalmente, também vamos ouvi-las.

2017 começa como o ano de nós mulheres. Aguardem!

 

Paula Simões Garcia - Sec. Mulheres de SP

Sobre Roberto Bruce

Leia também...

RODRIGO DIAS - PRONA JOVEM SP

RODRIGO DIAS

“…a mulher brasileira representa a maior parte da população e tem um grande poder…”   …

um comentário

  1. PARA REFLETIR:

    ISSO TEM QUE SER POSTADO LÁ NA PÁGINA DO BOLSONARO NO FACEBOOK:
    Pra refletir e saber separar ideias, políticos, partidos, ocasiões, conveniências, etc:
    1- Enéas era muito contra o plano real, queria romper com o FMI, ter bomba nuclear, concebeu uma ideia idêntica a do bolsa família antes do Lula (mas com outro nome) prometendo acabar com a fome em 6 meses, era a favor de estatizar muita coisa, disse que “a greve é um direito inalienável do trabalhador”, e tinha barba. Em entrevista ao jornal Tribuna da Imprensa disse que “no curto período em que os generais governaram o país, com um governo muito ruim, agigantou o fosso que existia entre o Brasil e as potências do atual G-7”. Enéas era de esquerda só por isso?. Era patriota.

    2- FHC e Lula segundo Bolsonaro são a mesma coisa. Bolsonaro hoje tá mais pra FHC que pra Enéas com essa de Estado Mínimo. Mas esquece que durante os 21 anos de ditadura militar, entre 1964 e 1985, foram criadas 47 empresas estatais. Já o PT, em 13 anos, criou 43 empresas estatais. E FHC foi cúmplice da criação e desenvolvimento protegido do Foro de São Paulo;

    3- Bolsonaro que já votou em Ciro uma vez e já pediu ao povo pra votar em Aécio. Este último se coloca como herdeiro político do avô Tancredo Neves, que por sua vez era muito amigo do Ulisses Guimarães (o mesmo que votou a favor do regime militar em 1964). Ulisses Guimarães era pró-ditadura militar de direita?

    4- Deodoro era monarquista, amigo do imperador e derrubou o império, que por sua vez era governado por Dom Pedro II, que já chegou a dizer que preferia ser presidente (ou professor) a imperador. Pedro II era meio republicano?;

    5- Brizola já chamou Lula de farsa mas em seguida o apoiou. E já rasgou elogios públicos a Dom Pedro I com direito a puxar o hino da independência em público. Brizola era Monarquista?;

    6- Brizola ainda era família de Goulart, que por sua vez dizia não ser de esquerda e recebeu apoio de JK. Goulart e JK eram esquerdistas?;

    7- JK e Jango diziam não ser comunistas mas receberam Che Guevara e eram cercados por comunistas em seus governos;

    8- Só que o Brizola foi lançado na vida pública por Getúlio Vargas, que era contra os comunistas. Getúlio apoiou e depois passou a perna em integralistas que até hoje não se decidem se são neonazistas latinos-morenos ou nativistas brasileiros com complexo de vira-lata, que apoiam a Igreja Católica (que também não sabe se é socialista, monarquista ou pró-ditadura militar de direita). Vargas era nazista, fascista ou comunista? Ou positivista como ele se mostrava em muitas coisas mas não dizia?

    9- O Bolsonaro, Aécio, General Heleno, são sempre bem recebidos na maçonaria, a mesma da qual Hugo Chávez e nosso Imperador católico Pedro I fizeram parte. Conheço inclusive comunistas de carteirinha maçons aqui na minha cidade. E como pode o PT ter tantos judeus que defendem a Palestina, e o Bolsonaro que tem tantos amigos skinhead e neonazistas defender Israel?; isso sim é sem sentido;

    10- Em matéria da Folha de São Paulo de 09/04/2014, FHC diz que é de esquerda, embora ninguém acredite, e Chávez o chama de “Meu professor”;

    11- E o Ciro? Já deve ter feito passagem por todos esses lados;

    12- E só a esquerda promove atentados e queima de arquivos? Pesquisa sobre as condições do suposto acidente onde morreu JK;

    13- Quem nunca viu o Príncipe Dom João de Orléans e Bragança falando em restaurar a monarquia mas tirando fotos com FHC e rasgando elogios a este? Para dom João, “temos que conciliar nosso país, juntar forças de esquerda, de direita e de centro. Tem que esquecer momentaneamente os interesses partidário”. Se juntando com a esquerda? Um monarquista socialista?

    14- Acho que com tudo isso podemos concluir que Lula é monarquista e não sabe ou não diz. Tirando ENÉAS, esse pessoal é tudo uma coisa só, e nós sempre seremos gado.

    1- Se PSDB e PT são uma coisa só;

    2- Se o PMDB fez parte do governo do PT;

    3- Se PSDB e PMDB estão juntos agora;

    4- Se Moro de fato fez parte de um golpe e é amigo do pessoal do PSDB;

    5- Se a CIA e os EUA patrocinaram Moro e o golpe;

    6- Feliciano é amigo do Temer, e Bolsonaro é amigo do Feliciano;

    7- Então Moro é amigo do PT, que por sua vez é apoiado pelas EUA e tudo isso é um teatro para mitificar Lula, gerar uma divisão no país, e justificar uma intervenção na parte do Brasil que interessa os EUA, e a parte que comunistas querem fica pra eles (Nordeste).

    Espalhem isso por facebook e whatsapp, melhor que espalhar ursinhos imbecis que dão bom dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *